Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Despertar da Mente

O Despertar da Mente

Um balanço do ano 2020

2020 2021.jpg

 

Desde 2018 que aproveito esta ocasião do ano para reflectir e fazer um balanço mais consciente do ano que passou... E estabelecer metas para o ano que vem!

Eu começo sempre por folhear e ler o meu caderno de registo das manhãs milagrosas e partir dele faço este exercício: divido uma folha A4 ao meio e no lado esquerdo registo as aprendizagens que fiz nesse ano (importante interiorizar as aprendizagens para evitar repetir os mesmos erros), e no lado direito as ideias e projetos para o futuro. Este papel que faço a questão de ler e reler várias vezes, utilizo-o como inspiração para o vision board (quadro motivacional com as principais metas pessoais) do ano seguinte , o qual, eu costumo fazer no primeiro dia de janeiro! No próximo post virei aqui ensinar como se faz um vision board, prometo!

Há dias uma amiga disse-me que eu era muito organizada e focada. E é verdade. Mas não foi sempre assim para mim... Durante largos anos eu criava metas rodeadas de expectativas (metas que nem sempre me pertenciam, eram muitas vezes projecções do que outras pessoas esperavam de mim) e quando constatava que não conseguia alcançar uma parte significativa delas, ficava muito frustrada e triste. Só aumentava  a minha insegurança e a minha sensação de impotência pois sentia-me uma marioneta nesta vida.

E sim, nós somos em parte marioneta! Mas também temos o livre-arbítrio e por muito pequeno que seja o nosso poder, nós temos poder (reveja este post mais uma vez)! Sonhe, planeie, coloque-se em ação e as coisas acontecem! Se apenas ficar a sonhar e esperar uma solução milagrosa esta poderá nem vir ou demorar imenso tempo para vir! Terá sempre de fazer a sua parte, sem a sua parte nada feito!

Sim, temos de saber aceitar o que se passa fora de nós e que muitas vezes nos desagrada (certas circunstâncias, pessoas, eventos, doenças como o covid) mas podemos empenharmo-nos em FAZER o que está ao nosso alcance para melhorarmos a nossa vida, e quem sabe, a dos outros também...

2020 foi um ano de muitos desafios inesperados, sendo que esta situação da pandemia foi o pano de fundo onde a nossa vida pessoal, social e profissional passou a desenrolar-se. Sinto que para mim foi um ano de confrontar muitos medos, de apanhar alguns sustos e de muitas reflexões e reformulações. Eu aproveitei este ano essencialmente para crescer, para aprender e expandir mais a minha mente e para redefinir prioridades para uma existência mais plena e feliz.

Proponho que façam outro exercício que eu fiz há dias e que me trouxe uma surpreendente sensação de paz, de harmonia e de gratidão. Proponho que noutra folha A4 dividam a mesma ao meio e do lado esquerdo registem as fluências do ano, ou seja, aqueles aspectos que melhoraram, estiveram bem ou até cresceram! E do lado direito registem os desafios/as dores/os problemas enfrentados e que como sabem são o catalizador do nosso crescimento pessoal.

Depois de o fazer escolhi, neste momento, focar-me nas fluências ou no que positivo me trouxe este ano. Faço-o com muita gratidão. Eu sei que uma das leis universais é a da polaridade e sei que nada será para sempre. Existe uma permanente oscilação entre o positivo e o negativo, e a alquimia da mente consiste em manter o equilibrio do caminho do meio... Sem desespero nas provações e sem euforia nas fluências.

Se estivermos atentos teremos o vislumbre de muitas coisas boas que nos aconteceram entre muitas outras que foram mais desafiantes neste ano...

Não é o facto de entrarmos em 2021 que nos trará mais saúde, felicidade e abundância e que os problemas de hoje se resolverão como por magia. Porém, tenha ESPERANÇA pois esta é o catalizador da resilência para enfrentar problemas e dá-nos o combustível para termos a  determinação de seguirmos em frente seja como for a realidade que nos rodeia.

Aproveitem estes derradeiros dias do ano para fazerem um balanço pessoal...

 

Fiquem bem!

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post