Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Despertar da Mente

O Despertar da Mente

Estaremos preparados?

Será que a cura apenas existe a partir da medicina tradicional?

Já vimos que não! Há imensas pessoas mundo fora que conseguiram curar-se de diversas doenças com maior ou menor gravidade através das chamadas medicinas alternativas ou pela visualização ou pelo pensamento e sentimento positivo.

Ao longo dos inúmeros posts que venho partilhando convosco provenientes da Health Summit, um evento online que congrega muitos especialistas e cientistas de diversas áreas, vimos como já existem imensas evidencias da capacidade autoregeneradora e curativa que o ser humano tem. Porém, tenho a certeza que muitos de nós ainda pensam :

-"Ahhh, isso só é possível para uma minoria...

-É porque são especiais ou tem algum poder especial!".

-Outros pensam: "Isso foi um acaso! Ele curou-se porque teve sorte!".

Na realidade, todos temos a capacidade intrínseca de nos curarmos, todos somos especiais, todos temos poderes especiais e não existe acaso, como já repetimos aqui outras vezes.

E porquê que temos tanta dificuldade em aceitar isto que eu disse acima? Devido a séculos de condicionamento do nosso pensamento veículado pelas igrejas, religiões, política e educação institucional, que nos fizeram sentir fracos, não merecedores, inseguros e medrosos. Uma série de regras e normas que nos tentaram impingir e formatar para sermos obedientes e submissos. Uma massa acéfala e acrítica manipula-se fácilmente, agora uma sociedade de pessoas instruídas mas com pensamento crítico, autónomas e capazes de pensarem por si mesmas... Nenhum governo ou economia quer!

Já está mais que do que na hora de despertarmos para a realidade de que somos mais que os corpos que temos e que a vida não se resume a a nascer, crescer, casar, ter filhos, trabalhar que nem um mouro ou moura e depois morrer. Merecemos mais! 

Ciência se inspira em casos de 'cura milagrosa' para combater o câncer

Hoje dei comigo a pensar que todos temos crenças acerca de tudo. Mesmo acerca do que é a cura e de como a alcançar. Eu considero-me uma pessoa aberta a alternativas de cura, mas também eu tenho as minhas crenças... Uma delas relaciona-se com as doenças mentais. Achei sempre que eram do âmbito exclusivo da psiquiatria e da psicologia. Continuo a achar que que tem alguma doença psiquiátrica deve procurar ajuda médica especializada e não o médico de família ou um terapeuta holistico!  Porém, após o diagnóstico e sem largar totalmente os medicamentos ou terapias propostas pelo profissional da saúde mental, pode recorrer a um terapeuta holistico de modo complementar. Isto é algo em que só muito recentemente passei a aceitar. Eu achava que os terapeutas holisticos que acompanham pacientes com algumas patologias da saúde estavam a ser irresponsáveis. Só o são se sugerirem ao paciente que largue a sua medicação de um dia para o outro ou se alimentarem expectativas nos pacientes. Ter esperança é uma coisa, criar expectativas, outra. Isso é falta de ética...

Médico de família é generalista mas não é médico especializado. Se tem dor de dentes vai ao dentista e se tem gastrite ao gastroenterologista. Se tem problema mental é com o psicólogo ou psiquiatra... Imensos médicos de família receitam aos seus pacientes ansiolíticos e anti-depressivos sem terem o conhecimento técnico adequado. Acredito que não o façam por mal, porém, essa má decisão, essa incapacidade ou teimosia de passar o seu paciente a um colega da saúde mental, quem a paga é o próprio paciente. Adiam-se tratamentos mais adequados e a doença vai evoluindo para níveis crónicos com os reflexos negativos na saúde  e na vida do paciente e sua família.

Fiquem bem e um bom fim-de-semana!