Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Despertar da Mente

O Despertar da Mente

Das infinitas possibilidades á fratura existencial

DEEPAK CHOPRA - Health Summit 2021

Deepak.jpg

 

A doença cardíaca, a doença autoimune, as doenças degenerativas, a propensão para inflamação ou infecção tem a ver com a forma como experimentamos a vida. E tem também a ver com a forma como interpretamos a nossa própria experiência de vida.

É raro ser por motivos genéticos, muito, muito, muito raro...

 A consciência é informe e como tal não tem nem espaço nem tempo. Tudo no mundo material tem espaço e tempo. Mas a consciência informe projeta-se no corpo e no universo e desenvolve-se numa dimensão extra-corpo que és tu próprio e o universo.

Cada pensamento, cada experiência, emoção, stress, falta de sono está sempre a modelar os genes, o nosso corpo e o nosso cérebro. Somos o utilizador do cérebro e dos genes, mas somos muito mais do que isso...

Todos somos condicionados pelo nascimento a uma nacionalidade, género, cor, cultura, religião. Isso cria-nos uma falsa identidade pois na realidade condiciona-nos e limita-nos. Vejamos como.

Quando um bébé nasce ele nada mais vê do que infinitas possibilidades. Ele é tudo o que vê, ouve e sente. Mas lá vem a família dar-lhe uma identidade com nacionalidade, religião, etc., e ele vai incorporar tudo isso na sua individualidade criando uma fratura existencial - eu e os outros.

A forma como a criança é educada determina imenso a sua própria biologia. Se a criança for amada, se os pais manifestarem confiança nas suas capacidades e no seu sucesso, isso não irá só determinar a sua trajetória de vida como a sua própria biologia. Terá um bom sistema imunológico, o sistema autoregulador e homeostásico do corpo funcionará e será muito saudável.

Pelo contrário se uma criança não for apreciada, aceite e amada cria-se um sentimento de separação que vai criar sentimentos de medo, raiva, vergonha, culpa. O medo é a base de todas emoções disfuncionais e causa o desconforto que está na base de criação das doenças.

Antes de comunicar a criança observa pelos olhos e ouvidos se as pessoas que o rodeiam são amigáveis ou não pelo tom de voz e expressões não verbais.

Aprendendo a ser testemunha e observador do seu mundo interior é o caminho para a CURA. Sensações, imagens, pensamentos e sentimentos. Depois pergunte-se porque motivo tem dentro de si determinadas crenças: " não sou bom o suficiente", "não sou merecedor", " não sou atraente o suficiente"... São crenças limitantes incutidas na nossa mente através do condicionamento social que vivenciamos nas nossas famílias e na escola antes de termos aprendido a pensar por nós próprios. Cerca de 99% das pessoas não pensa por si mesma e são como robots que não agem por si mesmas. São a reciclagem daquilo que outras pessoas da sua cultura e sociedade. É uma espécie de hipnose social de condicionamento que te programa para resultados muito previsíveis de comportamento, de pensamento e até de biologia!

Verá como habita dentro de si muitos sentimentos que são reflexo do meio que o rodeou à medida que foi crescendo.

Só acedendo a uma parte de si de infinitos recursos conseguirá libertar-se dessas limitações: uma parte de si de amor infinito, de compaixão, de infinita criatividade, de paz e de serenidade de espírito. Aí terá recursos para tomar as melhores decisões para cada situação da sua vida. Sem limitações, sem stress nem angústia.

A meditação é uma excelente forma de aceder a essa parte. Há  uma meditação de autoreflexão em que o objetivo é perguntar-se quem é você? Porquê que quer o quer na sua vida? O qué que me dá motivos para me sentir grata? Qual é o seu propósito? 

E nós viemos ao mundo para descobrirmos quem somos.

Outra forma de meditação é a de autoquestionarmos tudo o que acreditamos: as nossas crenças todassss.

A terceira forma de meditação é a de mindfulness, cujo nome é desadequado pois não é para usar a mente. É uma meditação focalizada na respiração, ou no corpo e no agora sem pensar em nada.

Meditação transcendental, usa-se um mantra que compete com os nossos pensamentos e que por fim nos leva a um ponto em que não há pensamentos e nem mantra. Fundamental awareness.

Se o teu corpo é uma projeção podes melhorar a sua projeção.

Somos o produto da genética que vem dos nossos pais, do microbioma (que é o nosso eu verdadeiro) que vem do nascimento e da epigenomas proveniente das nossas experiências de vida e a forma como isso é vivido. Estes três elementos interagem entre si de um modo dinâmico.

Do que se sabe há 5 elementos que criam uma abordagem holistica da saúde:

-sono,

-meditação e gestão do stress,

-movimento (no que diz respeito a uma coordenação mente e corpo como o yoga),

-respirar (a maioria das pessoas não respira adequadamente e na tradição ioga existem pranahamas),

-emoções (promover emoções divinas de amor, alegria e gratidão),

- a alimentação (privilegiar alimentos biológicos).

 

Somos compostos de células que se renovam periodicamente. Por exemplo, as células da pele renovam a cada 1 mês e as do estômago a cada 5 dias. São células novas mas cumprem a mesma função, e como isso é possível? Porque tem uma memória da função que tem de cumprir. Essa memória vive na consciência a qual como vimos é informe. Logo não pode ser apagada. Pode é aceder a um nível sem memória e introduzir novas memórias em que as antigas e traumáticas e que não podem ser apagadas são ofuscadas por essas novas memórias alegres. Assim terá a chance de recuperar o seu corpo, recuperando primeiro a sua alma - não existe outra forma!

Você é um participante na sua própria doença e em 95 % dos casos pode intervir no resultado final. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post