Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Despertar da Mente

O Despertar da Mente

Allan Dias Castro -Trajetória

Sucesso na internet, poeta Allan Dias Castro vai lançar livro com monja Coen

A dor que não contamos a ninguém 

É a mesma que descontamos na vida 

Não se pode curar uma ferida

Fingindo que está tudo bem 

Quando o silêncio lhe faz de refém 

Sua verdade fica presa no peito

Cicatrizes não são um defeito 

E o alívio só pode chegar 

Quando você parar de negar 

A si mesmo ao dizer “eu me aceito”

 

Com traumas, vergonhas, mentiras, sorrisos sem alma, 

Os fantasmas da ira. Deslizes, dilemas

Feridas mantidas abertas pelas algemas da hipocrisia 

O passado que a gente adia nos visita todo dia 

O passado que a gente adia nos visita todo dia

O passado que a gente adia, um dia chega.

 

Eu vi uma saída quando encarei a mim

Não espero que o outro me entenda 

Nem tenho esperança de que alguém se arrependa 

E se arrependimento matasse, não seria meu fim 

Ao contrário, eu nasci de novo ao me aceitar assim 

Quando parei de me manter em segredo 

Abracei a coragem e o medo 

Mais do que poder contar minha dor

Hoje eu conto comigo, enfim.

 

Sim. O passado que a gente abraça

Um dia passa 

 

Aquele que consegue dizer

Eu me aceito 

Está abraçando a sua história

Então, lembre que cicatriz não é defeito. 

É trajetória. 

 

TEXTO “Trajetória” - @allandiascastro 

———-

 

#tbt duplo hoje. Primeiro em 2010, recém chegado ao Rio, desentalando os sentimentos da garganta através da poesia pelas primeiras vezes em público. Foto: @vogel_vitor 

Segundo, em 2019, já dando voz ao verbo e aos sonhos durante uma participação na Bienal do Rio. Foto: @eelisabessa 

 

#trajetória #tex to #poesia #autoral #allandiascastro #poeta