Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Despertar da Mente

O Despertar da Mente

Reflexão do dia...

Quando adoecemos deparamo-nos muitas vezes com o julgamento de muitas pessoas espirituais em nosso redor, do tipo: deves estar a fazer algo de errado ou a tentar interpretar o que temos segundo algo que leram... e por vezes estamos doentes porque há  emoções que não  gerimos bem e que criaram bloqueios para nos forçarem a parar, descansar e ter espaço para repensar... e outras estamos doentes porque sim.

Não  vale apena refugiar-mo- nos na análise. Esta acaba por alimentar o nosso ego de pensamentos de crítica e julgamento e auto desvalorização. É mais importante focar a saúde,  o equilíbrio,  a cura, a coragem.

Traga para o seu momento  presente a sua versão  curada, forte, jovem e alegre.

Vai passar!

Descanse muito, beba líquidos,  medite.

IMG_20240616_225735_083.jpg

Qualquer pensamento de amor eleva a vibração do universo.  

Fará  a sua própria  vibração. 

 

 

 

Existe uma cópia falsa e de contrafacção de tudo

Só  a luz e o bem tem criatividade e criam. O mal, o melhor que consegue fazer é  reproduzir com cópias  fake da contrafacção.

Quando digo que existem cópias  falsas de tudo... é  mesmo tudo! Um dia mais tarde a humanidade  irá  descobrir isso mesmo. O ponto de ilusão  e de mentira ao qual chegámos  enquanto humanidade ultrapassa qualquer história de qualquer filme de ficção a que tenha assistido.

Algures entre os que tem a ideia de que tudo são  unicórnios e luz e outros que vêem tudo com desespero e tristeza  há  o equilíbrio  dos que buscam a autencidade. Os buscadores da verdade tem a coragem de olharem bem dentro de si mesmos e da humanidade. Vêem  as sombras. Limpam essas sombras.

Concedam à  negatividade o poder da vossa ausência! Estejam comprometidos com esta ascensão. Não  abram mão  dela por nada nem ninguém!

Essas pessoas  falsas criam o que se designa de sangramento dimensional ou de vampirismo.

 Não  podemos percorrer o caminho do outro. Apenas podemos ser um farol para os outros.

Digam não  à  falsa espiritualidade,  aquela que vos retira poder e vos remete para a idolatria de falsos gurus. Não  precisa de nada isso! A sua conexão  com Deus é  direta e não  precisa de intermediários!

 

Lembre-se:

Nós  somos aqueles que vieram romper com as maldições e padrões familiares negativos e cocriar um admirável novo mundo!

Está  feito!

IMG_20240602_000745_684.jpg

 

Reflexão do dia...

Saber aceitar as escolhas dos outros mesmo que inconscientes ou teimosas. Mesmo que segundo o nosso ponto de vista, sejam contra o próprio interesse pessoal, o próprio  progresso e saúde, é  em última  instância  imprescindível ou... mergulhamos em sentimentos  de impotência, raiva, mágoa  e de indignação.  Tais sentimentos  minam o nosso bem-estar e progresso individual. Não  ajudamos e somos arrastados pelos outros.

Há  que saber parar se a pessoa recusa ajuda. Se  a pessoa quer permanecer  no mesmo ponto. E sim, isto custa muito fazer quando é  alguém  próximo que amamos.  Mas terá de ser feito. Chegará  o momento em que deve de se escolher a si mesmo. Entregue a Deus a pessoa ou situação!

Se fez o que podia. Se auxiliou como pode. Se a situação  não  evoliu. Se sente que a estão  a puxar junto.Entregue. Já  não  está  na sua alçada.

Tudo se passará como tiver de ser.

Escolha-se a si primeiro. E depois vem os outros.

Se se perder, não  ajuda a pessoa e ainda acaba por se afundar... qual o benefício  disso?!

IMG_20240610_003423_390.jpg

Se calhar ainda terá uma boa surpresa...

 

 

 

O efeito do contraste no cansaço

Neste preciso momento  quem não está desperto anda na sua vidinha de sempre,  e mesmo cansado não  consegue parar e reflectir porquê o cansaço. 

Mas os despertos andam cansados por causa do contraste. O contraste entre este mundo onde ainda vivemos e o que está  por vir... entre a matrix de controlo e a matrix orgânica.

E isso cria um sentimento  de aborrecimento  e  de enfado pois o mundo actual parece  um incessante... mais do mesmo! Guerra, doença,  crise, eleições... JÁ CHEGA!

Alguns sentem mesmo exaustão,  desmotivação e desconexão  com a dita realidade em que vivemos. Uma vontade de parar de trabalhar. De descansar, procurar a solitude e de conectar o mundo natural.

Há um enorme apelo do mundo natural. Já  repararam nas cores e variedades das flores? As auroras boreais mundo fora, e em locais incomuns como o nosso próprio país?!

Outros sentem um apelo por encontrarem a união  sagrada e divina com uma alma gémea. Mas ainda não  é  o momento  pois estão  a partir para essa união porque querem algo que os salve, os preencha e não  são  aptos ainda a ums comunhão total de alma ... e só  quando estamos plenos por dentro esse espaço  se cria de verdade. Ainda temos muita poeira por limpar...

Adaptado de Kerry K

20240610_123008.jpg

 

 

 

 

 

O primado da vibração e da ressonância

Tudo o que se manifesta na nossa vida advém  do primado da vibração  e da ressonância pois isso é  uma lei universal.

Os herméticos falam da lei da correspondência e do ritmo para explicarem como atraimos para a nossa realidade aquilo que focamos, sentimos, pensamos.

Quando nos queixamos dos nossos problemas, da prosperidade,  dos nossos relacionamentos, quando nos vitimizamos, quando nos revoltamos contra as nossas circunstâncias vde vida estamos na realidade a atrair... mais do mesmo. Há  que estar consciente e atento disto!

Mas não  basta estar atento ao nosso interior de modo a mantermos a vibração  elevada, há  mesmo a possibilidade  de nos conectarmos a  versões  mais elevadas nossas em dimensões  paralelas ou simultâneas e pedirmos a estas inspiração  e recursos para resolvermos problemas nossos do quotidiano. Quem o diz é  a Mindvalley, uma empresa norte americana que diz que através  de um método,  o método  Silva pode levar a pessoa a um estado alterado de consciência,  alpha ( o mesmo que alcancamos  em certas fases do sono ou em meditação) e por meio deste auxiliar a pessoa alcançar recursos para os desafios da sua vida: relações   prosperidade,  estudos  emprego.

Screenshot_20240609_135012_Telegram.jpg

 

 

Sou aquele que vem quebrar os ciclos

Assuma quem você é, de verdade. Sem medo do seu poder e de afirmar esse mesmo poder. Que louco tem sido viver num mundo que nos ensina a  temermos a nossa força  e poder pessoal, que nos treina a ser condescendente , obediente e a nos diminuirmos face aos outros.

Diga estas afirmações:

Sou aquele que vem quebrar os ciclos de narcisismo, de dependência  emocional, de controlo, de doenças,  de falta de prosperidade,  de recebimento  de energias não  qualificadas. 

Sou aquele que traz a luz capaz de mudar o mundo.

Sou um farol de luz e de pureza.

Em conclusão:

Comece a ouvir-se a si mesmo. Oiça  o seu coração sagrado e pare de ouvir outras  pessoas,  idolos e gurus que nada sabem na verdade. Apenas o querem dominar para alimentarem o próprio  ego ou para lhe venderem serviços. 

Você  está  a expandir e a evoluir. A rejuvenescer. A curar.

Você  é  especial. 

 Você  é  aquele pelo qual tem aguardado toda a vida!

IMG_20240606_003602_906.jpg

 

Reflexão do dia...

As pessoas não mudam a menos que a dor de mudar seja menor que a de permanecerem no mesmo lugar.

Neste momento todos sentimos desconforto. Esse desconforto é necessário para nos impelir na direção da mudança e da transformação.

Sem essa dor e desconforto permaneceríamos no mesmo local, acomodados...

Olhe, este momento pelo que ele representa: um momento transitório (vai passar) mas necessário no nosso caminho evolutivo enquanto individuos e enquanto coletivo humano.

 

Imagem do Pin de história

Humildade, a palavra do momento

Os momentos atuais requerem que sejamos autênticos. Exigem que sejamos coerentes com a nossa verdade, os nossos valores, os nossos sentimentos e as nossas crenças positivas. Num mundo enlouquecido é  a única forma de mantermos a sanidade.

Screenshot_20240605_220129_Google.jpg

No entanto, é  importante  trabalhar também a tolerância e o respeito por opiniões  diferentes  da nossa. Saber escutar ativamente. Saber ser respeitador. Saber comunicar sem violência. Saber integrar pontos de vista diferentes  do nosso. Ser humilde...

A riqueza do relacionamento  humano reside precisamente  nisto, não?!

Há que compreender que a nossa verdade será sempre uma parte da realidade... porém, não  devemos de a  esconder com medo.O medo da rejeição,  o medo das consequências, o medo dos julgamentos alheios, o medo das pessoas se afastarem...

Vivemos numa realidade em rápida transformação  social, política,  económica,  financeira,  tecnológica.  Nunca como agora foi tão  importante  decidir, aprender coisas novas, desaprender outras que já  não  nos servem... e para que isso ocorra tem de existir flexibilidade  e humildade. 

Humildade para abandonar ideias, práticas  e costumes que já  não  nos servem mais, mesmo que os media, os politicos ou a sociedade nos tentem impingir isso. E é  aqui que eu denoto uma enorme resistência na generalidade das pessoas.

Desde a situação  do covid que sinto ter aumentado o extremismo. A dificuldade  em dialogar sem discutir ou sem sentir censura ou rejeição por expressar  opiniões diferentes das expressadas pela maioria,  mesmo que sejam consubstanciadas em fatos...

Tenho saudades de assistir a tertulias em que se debatiam ideias e não  pessoas. Em que a cortesia e o respeito permitiam a tal troca de ideias sem ofensas ou julgamentos. 

Depois assistimos a campanhas a promover a inclusão.  Mas não  a inclusão , inclusão  e sim uma versão  institucional desta que muitas vezes não  serve verdadeiramente os interesses dessas pessoas em situações de vulnerabilidade.

Qual o mal de debater, reflectir e questionar? Porque que tem de existir apenas uma maneira de fazer ou de abordar as questões?

E finalmente,  porque motivo questionar algo desperta em certas pessoas a suprema vontade de categorizar o questionador? Claro que é  sempre mais agradável  ouvir pessoas próximas das nossas próprias opiniões... mas....

Será  respeitável? Inclusivo?!

IMG-20240525-WA0009.jpg

 

 

 

 

Pág. 1/2